Bancos alemães passarão a vender Bitcoin em 2020
03/12/2019
Brasil movimenta quase 14 bilhões de reais em criptomoedas em apenas dois meses
03/12/2019
Ver mais

Coréia do Sul aprova lei que regulamenta criptomoedas

O comitê de política nacional da Coréia do Sul, parte da Assembléia Nacional do país, aprovou um projeto de lei que classifica as criptomoedas como ativos digitais. O movimento supostamente abrirá o caminho para as empresas e estabelecerá regras e requisitos para sua operação posterior.

De acordo com um relatório da mídia local Korea JoongAng Daily, o comitê de política nacional da Assembléia Nacional da Coréia do Sul aprovou um projeto de lei que classifica as criptomoedas como ativos digitais.

De acordo com a Comissão de Serviços Financeiros (FSC), essa medida ajudará as criptomoedas a se tornarem mais transparentes, além de legitimar os investimentos nelas. Além disso, isso também é algo que deve impedir a lavagem de dinheiro, estabelecer regras básicas para transações financeiras e ajudar os negócios de ativos virtuais, em geral.

Este novo projeto de lei exige que todos os negócios relacionados a criptomoedas se reportem e se registrem na Unidade de Inteligência Financeira do FSC. Aqueles que não o fizerem não conseguirão aprovar suas contas bancárias. Além disso, o não cumprimento dos regulamentos também resultaria em uma penalidade.

Vale ressaltar que o projeto ainda precisa ser aprovado no Comitê Judiciário, bem como no piso principal da Assembléia Nacional. Caso seja aprovado lá, a nova lei entrará em vigor em um ano.

Coréia é um importante mercado para o Bitcoin

Segundo dados da Coinhills ,o Won coreano é atualmente a terceira moeda fiduciária mais negociada em oar com o Bitcoin. A moeda é responsável por 2,46% de todas as negociações de Bitcoin para fiat. Naturalmente, o primeiro lugar é ocupado pelo dólar americano, enquanto o iene japonês fica confortavelmente com o segundo lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *