Rede de restaurante muito famosa no mundo passa a aceitar bitcoin como pagamento.

Bitcoin se destaca no top 10 na busca por investimento
23/12/2019
“BTC” termo mais pesquisado no México
06/01/2020
Ver mais

Rede de restaurante muito famosa no mundo passa a aceitar bitcoin como pagamento.

A famosa cadeia de fast food Burger King fez parceria com uma startup de processamento de pagamentos (Cryptobuyer) para aceitar criptomoedas como forma de pagamento por seus produtos. Graças à aliança, o Burger King poderá receber, na Venezuela, pagamentos em criptomoedas como Bitcoin, Dash, Binance Coin, Litecoin, Ethereum, além do stablecoin Tether.


Para isso, será utilizado o ponto de venda desenvolvido pela Cryptobuyer, que também servirá como plano piloto para a empresa. A filial localizada em Sambil Caracas, uma das maiores do país, foi a primeira a estabelecer essa nova forma de pagamento.

Plano para 40 filiais

Cryptobuyer anunciou em seu twitter a novidade. Os pagamentos com criptomoedas estão disponíveis apenas para usuários na Venezuela e apenas uma loja da rede.

No entanto a empresa planeja implementar a opção de pagamento em criptomoedas em mais de 40 restaurantes este ano.

Vários comerciantes na Venezuela já aceitam criptomoedas nos últimos anos, isso porque o valor da moeda nacional se tornou inútil. O próprio país está tentando adotar a criptomoeda nacional, a petro.

Otimismo nos ativos de criptografia

Janeiro está surgindo como o mês de incentivo à adoção de pagamentos com ativos de criptografia no país da América Latina.

Espera-se que, durante a primeira metade de 2020, outras cadeias como KFC e McDonald se juntem ao sistema de pagamentos com criptografia.

Já as redes de lojas governamentais conhecidas como CLAP Stores lançaram em dezembro passado o pagamento através da plataforma PetroApp, para fortalecer a estratégia do Estado venezuelano de penetrar no mercado convencional com sua criptomoeda Petro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *